MATEUS 20,17-19 (414)

Texto bíblico diário comentado (414)

Irmãos e irmãs,

Participemos da leitura e reflexão diária da Palavra de Deus. A luta empreendida por todos os discípulos que seguirem Jesus não será inglória.

Mateus 20,17-19 – Terceiro Anúncio da paixão – Quando estavam para subir a Jerusalém, Ele tomou os Doze a sós e lhes disse: enquanto caminhavam: "Eis que estamos subindo a Jerusalém e o Filho do Homem será entregue aos chefes dos sacerdotes e escribas. Eles o condenarão à morte e o entregarão aos gentios para ser escarnecido, açoitado e crucificado. Mas no terceiro dia ressuscitará". Palavra da Salvação!

Comentário: Mais uma vez Jesus chama a atenção dos seus apóstolos sobre o que iria acontecer em Jerusalém. Ele sabia das dificuldades e desânimos que os acometeria naqueles momentos dolorosos. Precisava alertá-los sobre tudo, inclusive Sua grande vitória sobre a morte.

O seguimento de Jesus certamente vinha fascinando aos seus apóstolos e discípulos. A luta que vinha sendo empreendida com gestos concretos em prol dos pobres, dos doentes, dos cegos, dos coxos, dos injustiçados, contra os preconceitos arraigados, em favor de um Projeto de Deus buscando apresentar Seu Reino e salvar a humanidade da escravidão do pecado, era e será sempre motivadora.

Mas Jesus não engana a ninguém: seu caminho exige o serviço, doação, e até julgamento injusto vindo de quem devia zelar pela justiça: "Eis que estamos subindo a Jerusalém e o Filho do Homem será entregue aos chefes dos sacerdotes e escribas".

É engano pensarmos que o seguimento de Jesus, nos moldes que Ele nos ensinou, nos levará ao conforto, à riqueza, a poder, a prestígio. Se isto estiver acontecendo com alguém em busca de lucros financeiros, usando o nome de Jesus Cristo com meios empresariais, certamente tem algo errado, e a justiça divina se fará presente no tempo oportuno.

Nesse terceiro anúncio de Sua paixão – Ele já havia comentado esse assunto duas vezes, cf Mt 16,21; e 17,22-23 – Jesus anuncia com clareza sua morte e sofrimento: "Eles o condenarão à morte e o entregarão aos gentios para ser escarnecido, açoitado e crucificado".

Que poderão esperar Seus apóstolos e discípulos depois de anos de lutas, pregações, abandonos de famílias, dores, sofrimentos: um fim trágico. Não. A vitória definitiva acontecerá: "No terceiro dia ressuscitará". O Pai do Céu ressuscitará Seu Filho unigênito. A injustiça será condenada.

Assim, também a luta empreendida por todos os discípulos que seguirem Jesus não será inglória. Todas as dificuldades, lutas, doações, serviços em prol do Bem e do Reino de Deus, culminarão na grande vitória da verdade e da justiça, da ressurreição e da vida, com Jesus Cristo, nosso Senhor.

Um forte abraço para todos

Fraternalmente,

Severino Alves

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Acesso Restrito