Dízimo na Bíblia

Gn 14,20: Abraão oferece 10% de todos os seus bens, em agradecimento pela assistência de Deus nas lutas contra os inimigos.

Gn 2,15-17: Deus é dono de tudo e o homem apenas administrador das coisas de Deus e a Ele deve prestar contas.

Dt. 16,16-17: “Nenhum fiel deveria comparecer diante de Deus de mãos vazias, mas cada um dará segundo tiver em proporção das bênçãos do Senhor”.

Gn 4,3-4: Dar de boa vontade porque é ao Senhor que está dando. Caim deu de má vontade.

Lv 27,30: “Todo o dízimo da terra, tomados das sementes do solo ou dos frutos das árvores são propriedades do Senhor, e é uma coisa sagrada a Deus”.

Ml 3,10: “Quem pagará o dízimo receberá as bênçãos de Deus. Trazei o dízimo integral a fim de que haja alimento em minha casa. Fazei experiência e verei se não abro os reservatórios do céu e não derramarei as minhas bênçãos sobre vós muito além do necessário”.

Dt 14,22-29; "a finalidade social do dízimo. Atender a quem não ganha. Partilha com os migrantes e viúvas...".

Lc 18,9-11; "Para Jesus o dízimo deve ser acompanhado da justiça e misericórdia. Não basta pagar o dízimo e viver com orgulho. É só vermos a parábola do fariseu e do publicano".

Mt 5,23-24; "Não basta pagar o dízimo e ficar de mal com o vizinho.

Lc 20,23-25; Deve-se dar a Deus o que é de Deus...

2Cor 9,7; “Cada um dê conforme o desejo do seu coração, sem tristeza e sem constrangimento, pois Deus ama a quem dá com alegria".

Seja um Dizimista

Para se tornar um dizimista, preencha o formulário abaixo e clique no botão de enviar. Seus dados serão utilizados para envio de boletos para pagamento regular de dízimos.

Acesso Restrito