MATEUS 18,19-20 (404)

Texto bíblico diário comentado (404)

Irmãos e irmãs,

Participemos da leitura e reflexão diária da Palavra de Deus. Em família devemos sempre praticar orações nos diversos momentos.

Mateus 18,19-20 – Oração em comum – Em verdade ainda vos digo: "se dois de vós estiverem de acordo na terra sobre qualquer coisa que queiram pedir, isso lhes será concedido por meu Pai que está nos céus. Pois onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou Eu no meio deles". Palavra da Salvação!

Comentário: É gratificante sabermos, que, quando juntos, e concordantes em pedir a Deus algo, seremos atendidos: "Se dois de vós estiverem de acordo na terra sobre qualquer coisa que queiram pedir, isso lhes será concedido por meu Pai que está nos céus". Sabemos da força da oração em qualquer situação, mas, em determinados momentos, especialmente na união dos cristãos, há um impulso maior em defesa dos nossos apelos.

O mais importante de tudo é estarmos em sintonia com Deus, seja na Adoração: quando, com humildade diante de Deus, O reconhecemos como Criador, Eterno, Todo-Poderoso; seja no Louvor; quando cantamos com amor a Ele; seja na Petição: que nos prepara para recebermos Seus dons e Suas graças; seja na Intercessão: quando apresentamos a Deus as necessidades dos outros, seja na Ação de Graças: quando agradecemos por tudo que recebemos de Deus, especialmente a nossa Salvação e o Seu amor paternal.

A "Exortação Apostólica "Familiaris Consortio" de João Paulo II diz o seguinte: "A oração familiar tem como conteúdo original a própria vida da família (...): alegrias e dores, esperanças e tristezas, nascimento e festas de anos, aniversários de núpcias dos pais, partidas, ausências e regressos, escolhas importantes e decisivas, a morte de pessoas queridas, etc. (...)".

A oração em comum pode ser realizada na comunidade, na igreja, no lar, em qualquer lugar onde duas ou mais pessoas se unam em oração a Deus: "Pois onde dois ou três estiverem reunidos em meu nome, ali estou Eu no meio deles". Ou seja, Ele já está no nosso meio, e nos atenderá, de forma especial.

Na Igreja doméstica podemos praticar a oração do terço em família, a oração da mesa, no levantar-se ou deitar-se, nas reuniões de estudos bíblicos nos lares. João Paulo II sobre o assunto ainda disse: "A dignidade e a responsabilidade da família cristã, como Igreja doméstica, só podem ser vividas com a ajuda incessante de Deus, que será concedida sem falta a todos os que implorarem com humildade e confiança na oração".

Um forte abraço para todos

Fraternalmente,

Severino Alves

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Nenhum vírus encontrado nessa mensagem.

Verificado por AVG - www.avgbrasil.com.br

Versão: 2013.0.2793 / Banco de dados de vírus: 2629/5907

Acesso Restrito