MATEUS 18,15-18 (403)

Texto bíblico diário comentado (403)

Irmãos e irmãs,

Participemos da leitura e reflexão diária da Palavra de Deus. Tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu.

Mateus 18,15-18 – Correção fraterna – Se o teu irmão pecar, vai corrigi-lo a sós. Se ele te ouvir, ganhaste o teu irmão. Se não te ouvir, porém, toma contigo mais uma ou duas pessoas, para que toda questão seja decidida pela palavra de duas ou três testemunhas. Caso não lhes der ouvido, dizei-o à Igreja. Se nem mesmo à Igreja der ouvido, trata-o como gentio ou o publicano. Em verdade vos digo: tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu. Palavra da Salvação!

Comentário: A orientação da correção fraterna de erro deve ser caridosa e compreensiva em favor da pessoa envolvida, dando-lhe reais oportunidades a uma reflexão e mudança de atitude: "vai corrigi-lo a sós" – caso não consiga: "toma contigo mais uma ou duas pessoas" – caso não lhes der ouvido: "dizei-o à Igreja, que buscará falar com ele". A Igreja aqui é a ekklesia: isto é, a Assembleia dos irmãos.

É nessa Assembleia de irmãos que devemos encontrar a segurança cristã, mesmo que haja possibilidade de ocorrência de conflito na relação entre membros, que deve ser imediatamente superado. Deve ser nessa Assembléia de irmãos - Igreja - o melhor lugar onde se possa encontrar o amor e a justiça a todos.

Sabemos que o erro está presente em nós. Ninguém o quer, mas ele acontece. Nesses casos é bom dialogar, mostrar caminhos alternativos às pessoas. Às vezes corrigimos apenas dando bom testemunho, cortando fofocas, más palavras, etc, favorecendo assim a unidade desejada por Jesus Cristo.

A afirmação de Jesus: "Se nem mesmo à Igreja der ouvido, trata-o como gentio ou o publicano", nos chama atenção para situações incontornáveis, dando margem à exclusão de participação nas sinagogas. Ao lembrar gentios e publicanos, Jesus se refere a pessoas consideradas impuras, com as quais os judeus piedosos daquela época não podiam ter relações, sendo também impedidos de frequentar as sinagogas.

No caso de dificuldade instransponível, na relação entre a Igreja e determinado membro, a Igreja deve manter a disciplina e dar um basta numa situação que esteja trazendo prejuízo grave. Lembremo-nos que nossa ligação com a Igreja de Cristo é de interesse mútuo, e essa relação também pode chegar ao fim, se acontecer discordâncias reiteradas das orientações gerais.

Os termos ligar e desligar significavam para os judeus declarar proibido ou declarar permitido. Jesus estende aos ministros da Igreja o que antes havia sido conferido a Pedro, quando diz: "Tudo quanto ligardes na terra será ligado no céu e tudo quanto desligardes na terra será desligado no céu", e ainda quer informar que a Igreja tem autoridade em Seu nome para suas variadas ações, sejam sacramentais ou de disciplinamento.

Um forte abraço para todos

Fraternalmente,

Severino Alves

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Acesso Restrito