MATEUS 15,1-9 (388)

Texto bíblico diário comentado (388)

Irmãos e irmãs,

Participemos da leitura e reflexão diária da Palavra de Deus. Honrar pai e mãe é um dos mandamentos de Deus, que precisamos cumprir com amor.

Mateus 15,1-9- Discussão sobre as tradições dos fariseus – Nesse tempo, chegaram-se a Jesus fariseus e escribas vindos de Jerusalém e disseram: "Por que os teus discípulos violam a tradição dos antigos? Pois que não lavam as mãos quando comem". Ele respondeu-lhes: "E vós, por que violais o mandamento de Deus por causa de vossa tradição?" Com efeito, Deus disse: honra pai e mãe e aquele que maldisser pai ou mãe certamente deve morrer.

Vós, porém, dizeis: Aquele que disser ao pai ou à mãe: 'Aquilo que de mim poderias receber foi consagrado a Deus', esse não está obrigado a honrar pai ou mãe. E assim invalidastes a Palavra de Deus por causa da vossa tradição. Hipócritas! Bem profetizou Isaías a vosso respeito, quando disse: "Este povo me honra com os lábios, mas o coração está longe de mim, em vão me prestam culto, pois o que ensinam são apenas mandamentos humanos". Palavra da Salvação!

Comentário: Neste encontro os fariseus e escribas vieram de Jerusalém, especialmente para conhecer e questionar Jesus. Logo ao chegar, passaram a criticar: "Por que os teus discípulos violam a tradição dos antigos? Pois que não lavam as mãos quando comem". Na realidade, as tradições eram comentários da Lei, ensinados oralmente nas escolas rabínicas, que pelo seu grande número terminaram formando um livro chamado Mixná.

A despreocupação de Jesus sobre a tradição de lavar as mãos antes das refeições, mesmo sendo um ato importante de higiene, ocorria porque aquela lei dirigia-se para os sacerdotes, durante os sacríficos no templo, e não para o povo em geral nos cultos e em casa, como foi estendida pelos fariseus.

Respondendo, Jesus mostra-lhes que os mandamentos é que estão sendo negligenciados, e apresenta o exemplo do contido em Ex 20,12: "Honra teu pai e tua mãe (...)". E lembra ainda Ex 21,17: "Quem amaldiçoar seu pai e sua mãe, será morto". E Jesus questiona: "E vós, por que violais o mandamento de Deus por causa de vossa tradição?".

A hipocrisia vai ficando descoberta à medida que se explica o que se tem feito para burlar a lei protetora aos pais: "Se determinado bem fosse consagrado a Deus. Não se estaria obrigado a honrar pai ou mãe". Sabemos que parte da honra aos pais realiza-se em socorrê-los na necessidade.

Através desse artifício desviava-se da ajuda aos pais, mesmo em caso de necessidade de alimentos, porque os bens assim 'consagrados', ficticiamente, pois não obrigava a nenhuma doação real, passavam a se revestir de caráter 'sagrado', interditando aos pais pretenderem para si qualquer parte deles. Os rabinos, mesmo reconhecendo seu caráter imoral, consideravam válidos tais votos.

Assim, busquemos refletir o que disse nosso Deus, através de Isaias: "Este povo me honra com os lábios, mas o coração está longe de mim, em vão me prestam culto, pois o que ensinam são apenas mandamentos humanos". Lembremos ainda a grande necessidade de nos preocuparmos com nossos pais. Muitos estão abandonados em asilos e outros isolados nos próprios lares. Este não é o plano de Deus para a harmonia na família.

Um forte abraço para todos.

Fraternalmente,

Severino Alves

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Acesso Restrito