MATEUS 5,13-16 (326)

Texto bíblico diário comentado (326)

Irmãos e irmãs,

Participemos da leitura e reflexão diária da Palavra de Deus. E sejamos sal e luz na vida das pessoas ao nosso redor.

Mateus 5,13-16 – Sal da terra e luz do mundo – Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que salgaremos? Para nada mais serve, senão para ser lançado fora e pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte. Nem se acende uma lâmpada e se coloca debaixo do alqueire. Mas na luminária, e assim ela brilha para todos os que estão na casa. Brilhe do mesmo modo a vossa luz diante dos homens, para que, vendo as vossas boas obras, eles glorifiquem vosso Pai que está nos céus. Palavra da Salvação!

Comentário: Jesus utiliza elementos importantes e comuns na vida do povo para nos mostrar, de forma comparativa, o quanto é necessário buscar, já aqui na terra, uma comunhão com a vida espiritual. Uma dona de casa sabe a importância do sal para dar sabor às comidas. Aqueles que evitam alguns condimentos por causa de doenças sofrem com a falta de uma comida temperada e apetitosa. Cristão sem fé também é assim: insosso. Faltam tempero e movimento na sua vida.

No sal, além do valor nutritivo, é preciso considerar o seu elevado valor medicinal. Enquanto o consumo excessivo traz prejuízos ao organismo, a abstenção absoluta e continuada provoca danos à saúde. "Vós sois o sal da terra". Assim sendo, o cristão precisa tornar suas ações agradáveis, exercendo papel restaurador entre pessoas indiferentes a Deus. O cristão como sal da terra deve preservar-se na fé e nas boas obras, com as graças do Espírito Santo, a exemplo do poder de preservação do sal em relação aos alimentos perecíveis.

Todas as boas ações são como luz para os demais. E sabemos que onde exista luz jamais as trevas prevalecerão. Ao afirmar: "Vós sois a luz do mundo", Jesus quer nos chamar a atenção para as grandes possibilidades que temos em ser luz. O fato de estarmos acostumados à luz nos leva, muitas vezes, a não compreendê-la como algo essencial à vida. As plantas só sobrevivem porque metabolizam substâncias orgânicas através da energia solar. Na verdade, a terra depende da energia solar para a sua sobrevivência.

Como vemos a luz é relevante. Em nossas vidas essa relevância se dá através do testemunho cristão, numa vida transformada, reta, justa e altruísta, envolvendo todos os segmentos da sociedade. Assim, requer-se dos cristãos uma presença ativa e marcante, que faça diferença no mundo e demonstre a excelência do Evangelho, que é poder de Deus e salvação para todo o que n'Ele crê.

Jesus nos ensina que somos o sal que vai dar gosto na vida diária das pessoas. Que somos a luz que conduz e que aponta o caminho, através do exemplo, pelo compromisso e pelo serviço. Mas antes de ser a luz e sal na vida dos outros, teremos que ter uma vida temperada na fé, iluminada pela Palavra de Deus.

Um forte abraço para todos.

Fraternalmente,

Severino Alves

E-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Acesso Restrito