MATEUS 5,13-16 (271)

Texto bíblico diário comentado (271)

irmãos e irmãs,

Feliz aquele a quem a verdade ensina. Participe das Leituras e reflexões diárias da Palavra de Deus.

Mateus 5,13-16 – Sal da terra e luz do mundo – Vós sois o sal da terra. Ora, se o sal se tornar insosso, com que o salgaremos? Para nada mais serve, senão para ser lançado fora e pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade sobre um monte. Nem se acende uma lâmpada e se coloca debaixo do alqueire, mas na luminária, e assim ela brilha para todos os que estão na casa. Brilhe do mesmo modo a vossa luz diante dos homens, para que, vendo as vossas boas obras, eles glorifiquem vosso Pai que está nos céus. Palavra da salvação!

Comentário: Jesus utiliza recursos simbólicos comuns no contexto dos seus ouvintes. Ele trata da relevância cristã, aludindo inicialmente ao sal, largamente utilizado em todos os extratos sociais nos tempos antigos. Entre outras formas de uso, o sal destacava-se na função monetária em transações comerciais. É tanto que o termo salário deriva do latim salarium, que significa 'dinheiro de sal', também utilizado como parte do pagamento a soldados romanos.

O sal, em textos bíblicos, é apresentado como elemento que dá pureza e perenidade, sendo exigido em oferendas a Deus, conforme Lv 2,13: "Salgarás toda a oblação que ofereceres e não deixarás de pôr na tua oblação o sal da aliança de teu Deus; a toda oferenda juntarás uma oferenda de sal a teu Deus". Também nos nossos alimentos o sal sempre foi usado objetivando dar sabor e conservar. Na afirmação de Jesus: "Vós sois o sal da terra", sua orientação é que, como o sal, os cristãos devem se preservar de todo o pecado e corrupção, dando exemplo ao mundo, permanecendo purificados, de forma perene, ou seja, conservados para oferenda a Deus.

Em seguida Jesus ainda utiliza uma expressão fortíssima para nos chamar a atenção da importância de sua luz em nós. Jesus mesmo nos informa que é a luz do mundo, conforme Jo 8,12: "Eu sou a luz do mundo. Quem me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida". No evangelho que estamos refletindo Jesus é categórico: "Vós sois a luz do mundo". A escuridão não consegue jamais prevalecer ante a luz. Quando esta chega, as trevas desaparecem. Por outro lado, a ausência absoluta de luz permite que a escuridão prevaleça, nada ficando visível aos olhos humanos.

Assim, para que a humanidade possa conhecer, na prática, a verdade divina, torna-se necessário o testemunho cristão, com a graça do Espírito Santo de Deus. Mas saibamos que, por nós mesmos, isoladamente, não somos nem sal nem luz. Nada podemos fazer. Só podemos dar sabor e iluminar o mundo através do reflexo da luz de Cristo em nós, se estivermos a ligados a Ele. Lembremo-nos: "Quem me segue não andará nas trevas, mas terá a luz da vida". Que nossa maneira de viver dê novo sabor a este mundo, que se encontra tão insosso pelas ações pecaminosas, trazendo indiferença e distanciamento nas relações com Deus. Que brilhe a luz de Cristo em nossas vidas e em nossas obras, e possamos iluminar tantas pessoas que precisam. Então, não percamos a oportunidade de testemunhar nossa fé.

Que Deus nos abençoe e guarde.

Um forte abraço para todos.

Fraternalmente,

Severino Alves

Email: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

ESPAÇO DE EVANGELIZAÇÃO

biblia

Visitantes On-Line

Nós temos 53 visitantes online

Contador de Visitas

00481611

Acesso Restrito