Intenções

 

RITOS INICIAIS

ANIM: Amados irmãos e irmãs! Somos acolhidos pelo Pai, nesta Santa Eucaristia, 4º domingo do tempo comum.

     Jesus se revela como o ungido pelo Espírito do Pai, o mesmo Espírito que falou pelos profetas e que atua em nossa própria existência, com os múltiplos carismas e dons espirituais, aos quais dá a unidade de todos eles: a caridade que o Espírito de Deus derrama em nossos corações.     Cantemos.

ACOLHIDA

PR.: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.

T. Amém

PR.: O Senhor que encaminha os nossos corações para o amor de Deus e a constância de Cristo, esteja convosco.

T.: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!

ATO PENITENCIAL

PR.: O profeta é alguém chamado por Deus para proclamar a Palavra divina e, para isso, conta com a proteção e a presença do próprio Deus. Hoje, a Palavra profética que ouviremos convida-nos a pensar nossa vocação profética, recebida no Batismo, e nosso testemunho profético através da caridade.

Para bem celebrar esta Eucaristia, peçamos perdão se fugimos de nosso testemunho profético deixando de cultivar a caridade em nossas vidas.

(Breve silêncio - canto)

O Presidente conclui:

PR: Deus todo-poderoso...

T. Amém!

HINO DE LOUVOR

PR.: Anunciemos todos os dias a justiça de nosso Deus cantando, hoje e sempre a sua glorificação eterna.

ORAÇÃO DO DIA

(Missal. Pág. 348)

PR: Concedei-nos, Senhor nosso Deus, adorar-vos de todo o coração e amar todas as pessoas com a verdadeira caridade. PNSJC.

T: Amém

LITURGIA DA

PALAVRA

PRIMEIRA LEITURA:

(Jr 1,4-5.17-19)

Leitura do Livro do Profeta Jeremias:

Nos dias de Josias, rei de Judá, 4foi-me dirigida a palavra do Senhor, dizendo: 5“Antes de formar-te no ventre materno, eu te conheci; antes de saíres do seio de tua mãe, eu te consagrei e te fiz profeta das nações. 17Vamos, põe a roupa e o cinto, levanta-te e comunica-lhes tudo que eu te mandar dizer: não tenhas medo, senão, eu te farei tremer na presença deles.

18Com efeito, eu te transformarei hoje numa cidade fortificada, numa coluna de ferro, num muro de bronze contra todo o mundo, frente aos reis de Judá e seus príncipes, aos sacerdotes e ao povo da terra; 19eles farão guerra contra ti, mas não prevalecerão, porque eu estou contigo para defender-te”, diz o Senhor.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

SALMO RESPONSORIAL:

Sl 70

Minha boca anunciará todos os dias, / vossas graças incontáveis, ó Senhor.

— Eu procuro meu refúgio em vós, Senhor:/ que eu não seja envergonhado para sempre!/ Porque sois justo, defendei-me e libertai-me!/ Escutai a minha voz, vinde salvar-me!

— Sede uma rocha protetora para mim,/ um abrigo bem seguro que me salve!/ Porque sois a minha força e meu amparo,/ o meu refúgio, proteção e segurança!/ Libertai-me, ó meu Deus, das mãos do ímpio.

— Porque sois, ó Senhor Deus, minha esperança,/ em vós confio desde a minha juventude!/ Sois meu apoio desde antes que eu nascesse,/ desde o seio maternal, o meu amparo.

— Minha boca anunciará todos os dias/ vossa justiça e vossas graças incontáveis./ Vós me ensinastes desde a minha juventude,/ e até hoje canto as vossas maravilhas.

SEGUNDA LEITURA:

(1Cor. 12,31-13,33)

Leitura da Primeira Carta de São Paulo aos Coríntios:

Irmãos: 31Aspirai aos dons mais elevados. Eu vou ainda mostrar-vos um caminho incomparavelmente superior. 13,1Se eu falasse todas as línguas, as dos homens e as dos anjos, mas não tivesse caridade, eu seria como um bronze que soa ou um címbalo que retine.

2Se eu tivesse o dom da profecia, se conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, se tivesse toda a fé, a ponto de transportar montanhas, mas se não tivesse caridade, eu não seria nada.

3Se eu gastasse todos os meus bens para sustento dos pobres, se entregasse o meu corpo às chamas, mas não tivesse caridade, isso de nada me serviria.

4A caridade é paciente, é benigna; não é invejosa, não é vaidosa, não se ensoberbece; 5não faz nada de inconveniente, não é interesseira, não se encoleriza, não guarda rancor; 6não se alegra com a iniquidade, mas se regozija com a verdade. 7Suporta tudo, crê tudo, espera tudo, desculpa tudo.

8A caridade não acabará nunca. As profecias desaparecerão, as línguas cessarão, a ciência desaparecerá. 9Com efeito, o nosso conhecimento é limitado e a nossa profecia é imperfeita. 10Mas, quando vier o que é perfeito, desaparecerá o que é imperfeito.

11Quando eu era criança, falava como criança, pensava como criança, raciocinava como criança. Quando me tornei adulto, rejeitei o que era próprio de criança.

12Agora nós vemos num espelho, confusamente, mas, então, veremos face a face. Agora, conheço apenas de modo imperfeito, mas, então, conhecerei como sou conhecido.

13Atualmente permanecem estas três coisas: fé, esperança, caridade. Mas a maior delas é a caridade.

- Palavra do Senhor.

- Graças a Deus.

ACLAMAÇÃO AO EVANGELHO

Aleluia, aleluia, aleluia

Foi o Senhor quem me mandou

Boas notícias anunciar;

ao pobre, a quem está no cativeiro

libertação eu vou proclamar

EVANGELHO: (Lc 4,21-30)

— O Senhor esteja convosco.

— Ele está no meio de nós.

— PROCLAMAÇÃO do Evangelho de Jesus Cristo + segundo Lucas.

— Glória a vós, Senhor.

Naquele tempo, estando Jesus na sinagoga, começou a dizer: 21“Hoje se cumpriu esta passagem da Escritura que acabastes de ouvir”.

22Todos davam testemunho a seu respeito, admirados com as palavras cheias de encanto que saíam da sua boca. E diziam: “Não é este o filho de José?”

23Jesus, porém, disse: “Sem dúvida, vós me repetireis o provérbio: Médico, cura-te a ti mesmo. Faze também aqui, em tua terra, tudo o que ouvimos dizer que fizeste em Cafarnaum”.

24E acrescentou: “Em verdade eu vos digo que nenhum profeta é bem recebido em sua pátria.

25De fato, eu vos digo: no tempo do profeta Elias, quando não choveu durante três anos e seis meses e houve grande fome em toda a região, havia muitas viúvas em Israel. 26No entanto, a nenhuma delas foi enviado Elias, senão a uma viúva que vivia em Sarepta, na Sidônia.

27E no tempo do profeta Eliseu, havia muitos leprosos em Israel. Contudo, nenhum deles foi curado, mas sim Naamã, o sírio”.

28Quando ouviram estas palavras de Jesus, todos na sinagoga ficaram furiosos. 29Levantaram-se e o expulsaram da cidade. Levaram-no até ao alto do monte sobre o qual a cidade estava construída, com a intenção de lançá-lo no precipício. 30Jesus, porém, passando pelo meio deles, continuou o seu caminho.

— Palavra da Salvação.

— Glória a vós, Senhor.

            

HOMILIA

PROFISSÃO DE FÉ

PRECES DA ASSEMBLÉIA

PR: O Senhor nos alimentou com sua Palavra. Dirijamos a Ele nossas preces confiantes.

T. Socorrei-nos com vosso Espírito, Senhor!

01. Senhor Deus, dai força à vossa Igreja para que seja no mundo a promotora da vida e da dignidade do ser humano, na busca da liberdade integral dos vossos filhos e filhas, rezemos.

02. Que a ação do vosso Espírito não deixe morrer as vozes proféticas que sofrem perseguição. Por seus testemunhos, sejamos fecundos em frutos de autenticidade que brotam do vosso Reino, rezemos.

03. Permanecei, Senhor, ao lado dos jovens que estão sofrendo; daqueles e daquelas que estão desanimados e aflitos por falta de sentido na vida, vós que sois o Pastor que nos conduz, rezemos.

04. Acolhei com vosso Espírito de amor o povo de Brumadinho, que clama pela vossa misericórdia, rezemos.

(Preces espontâneas)

PR: Senhor da esperança e da alegria, escutai as preces que colocamos diante do vosso coração aberto e disponível em nos fortalecer. Por Cristo, nosso Senhor.
T: Amém!

 

LITURGIA

EUCARISTICA

(Missal Pág.404)

PR. Oremos, irmãos e irmãs, para que nossas oferendas simbolizem nossa caridade fraterna e sejam aceitas por Deus Pai todo-poderoso.

T: Receba o Senhor por tuas mãos...

SOBRE AS OFERENDAS

(Missal. Pág. 348)

PR: Para vos servir, ó Deus, depositamos nossas oferendas em vosso altar; acolhei-as com bondade, a fim de que se tornem o sacramento da nossa Salvação. PCNS. T: Amém!

ORAÇÃO EUCARÍSTICA

Prefácio da IV(Missal pág. 488)

Santo

Oração IV (Missal pág. 488)

Pai nosso

Cordeiro

RITO DA COMUNHÃO

(Canto para a distribuição eucarística)

DEPOIS DA COMUNHÃO

(Missal. Pág. 347)

PR: Concedei-nos, Deus todo-poderoso, que, tendo recebido a graça de uma nova vida, sempre nos gloriemos dos vossos dons. Por Cristo, nosso Senhor.

T.: Amém!

RITOS FINAIS

PÃO DAS CRIANÇAS

AVISOS

Oração pelas vocações e pelos sacerdotes

Divino Salvador Jesus Cristo/concedei-nos sacerdotes   santos,/ inflamados no fogo do vosso amor /totalmente doados a edificação da vossa Igreja. / E vós, o Maria, mãe dos sacerdotes,/ vós que sois a onipotência suplicante,/ socorrei-os a todos,/ nos trabalhos e dificuldades em que se encontrarem./ Virgem Mãe e Rainha dos Apóstolos   de   Jesus,/ aumentai nas famílias o respeito e o amor ao sacerdócio;/suscitai novas vocações sacerdotais e religiosas./ Guiai, segundo o amor do vosso coração, os nossos seminaristas/ para que sejam mais tarde dignos Ministros do Altar,/ santos e dedicados pastores do povo Cristão./ Assim seja!

CANTO

BENÇÃO FINAL

(Missal. Pág. 532, n. 9)

EQUIPE RESPONSÁVEL: SÃO JOÃO

Acesso Restrito