LEITURA BÍBLICA DIÁRIA - 23.04.15

Leitura Bíblica diária - comentada

Quinta-feira, 23 de abril de 2015.

Santo do dia: Santo Adalberto de Praga, bispo e mártir
cor litúrgica: branco

Evangelho de hoje: São João 6, 44-51

Primeira leitura: atos dos Apóstolos 8, 26-40
Leitura dos Atos dos Apóstolos:

naqueles dias: 26um anjo do senhor falou a Filipe, dizendo: 'prepara-te e vai para o sul, no caminho que desce de Jerusalém a gaza. o caminho é deserto'. Filipe levantou-se e foi. 27Nisso apareceu um eunuco etíope, ministro de Candace, rainha da Etiópia e administrador geral do seu tesouro, que tinha ido em peregrinação a Jerusalém. 28Ele estava voltando para casa e vinha sentado no seu carro, lendo o profeta Isaías. 29Então o Espírito disse a Filipe: 'aproxima-te desse carro e acompanha-o'. 30Filipe correu, ouviu o eunuco ler o profeta Isaías e perguntou: 'tu compreendes o que estás lendo?' 31O eunuco respondeu: 'como posso, se ninguém mo explica?' então convidou Filipe a subir e a sentar-se junto a ele. 32A passagem da Escritura que o eunuco estava lendo era esta: 'Ele foi levado como ovelha ao matadouro; e qual um cordeiro diante do seu tosquiador, Ele emudeceu e não abriu a boca. 33Eles O humilharam e Lhe negaram justiça; e seus descendentes, quem os poderá enumerar? pois sua vida foi arrancada da terra'. 34E o eunuco disse a Filipe: 'peço que me expliques de quem o profeta está dizendo isso. ele fala de si mesmo ou se refere a algum outro?' 35Então Filipe começou a falar e, partindo dessa passagem da Escritura, anunciou Jesus ao eunuco. 36Eles prosseguiram o caminho e chegaram a um lugar onde havia água. Então o eunuco disse a Filipe: 'aqui temos água. o que impede que eu seja batizado?' 38 O eunuco mandou parar o carro. os dois desceram para a água e Filipe batizou o eunuco. 39 Quando saíram da água, o Espírito do Senhor arrebatou a Filipe. O eunuco não o viu mais e prosseguiu sua viagem, cheio de alegria. 40 Filipe foi parar em azoto. E, passando adiante, evangelizava todas as cidades até chegar a Cesaréia.

- Palavra do senhor.
- Graças a deus

Salmo 65 (66)

- Nações, glorificai ao nosso Deus, anunciai em alta voz o seu louvor! é Ele quem dá vida à nossa vida, e não permite que vacilem nossos pés.

r: Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira.

- todos vós que a Deus temeis, vinde escutar: vou contar-vos todo bem que Ele me fez! quando a Ele o meu grito se elevou, já havia gratidão em minha boca!

r: Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira.

- bendito seja o Senhor Deus que me escutou, não rejeitou minha oração e meu clamor, nem afastou longe de mim o seu amor!

r: Aclamai o Senhor Deus, ó terra inteira.

Evangelho de Jesus Cristo segundo São João 6, 44-51

- Aleluia, aleluia, aleluia!
- Eu Sou o pão vivo descido do Céu, quem deste pão come sempre há de viver (jo 6, 51)

Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo são João:

Naquele tempo, disse Jesus à multidão: 44ninguém pode vir a mim, se o Pai que me enviou não o atrai. e Eu o ressuscitarei no último dia. 45Está escrito nos profetas: 'todos serão discípulos de Deus.' Ora, todo aquele que escutou o Pai e por Ele foi instruído, vem a mim. 46Não que alguém já tenha visto o Pai. Só aquele que vem de junto de Deus viu o Pai. 47Em verdade, em verdade vos digo, quem crê, possui a vida eterna. 48Eu Sou o pão da vida. 49Os vossos pais comeram o maná no deserto e, no entanto, morreram. 50Eis aqui o pão que desce do céu: quem dele comer, nunca morrerá. 51Eu Sou o pão vivo descido do céu. quem comer deste pão viverá eternamente. e o pão que eu darei é a minha carne dada para a vida do mundo'.

- palavra da salvação
- glória a vós, senhor

Comentário do dia por são Columbano (563-615)
monge, fundador de Mosteiros
Instrução 13, 1-2: pl 80, 254-255

«Quem comer deste pão viverá eternamente»

Queridíssimos irmãos, se a vossa alma tem sede da fonte divina de que vou falar-vos, excitai essa sede e não a apagueis. bebei, mas sem vos saciardes; porque a fonte viva chama-nos e a nascente da vida diz-nos: «Quem tiver sede, venha a mim e beba» (Jo 4,37). […]

Vede de onde brota esta fonte: do lugar de onde desceu o pão; porque o pão e a fonte são um só: o Filho Unigênito, nosso Deus, Jesus Cristo Senhor, do qual devemos ter sempre sede. mesmo que o comamos e o devoremos com o nosso amor, o nosso desejo provoca-nos ainda mais sede dEle. Bebamo-Lo continuamente com um amor imenso, como a água de uma nascente, bebamo-Lo com avidez, e deliciemo-nos com o seu doce sabor. porque o Senhor é doce e bom. quer o comamos, quer o bebamos, teremos sempre fome e sede dEle, porque Ele é para nós um alimento e uma bebida absolutamente inesgotáveis. […] Ele é realmente a fonte dos sedentos e não a dos satisfeitos. Ele convida os sedentos, que declara bem-aventurados (Mt 5,6), pois nunca bebem bastante, antes têm tanto mais sede quanto mais tiverem bebido.

Irmãos, desejemos, procuremos, amemos «a fonte da sabedoria, a Palavra de Deus nos Céus» (Sl 1,5); pois nela estão escondidos, como diz o Apóstolo, «todos os tesouros da sabedoria e da ciência» (Col 2,3). […] Se tens sede, bebe da fonte da vida; se tens fome, come o pão da vida. Felizes os que têm fome deste pão e sede desta fonte! […] como é bom o que se pode saborear continuamente sem deixar de o desejar! di-lo o profeta David: «Saboreai e vede como o Senhor é bom!» (Sl 33, 9).

Que Deus nos abençoe e guarde.

Severino Alves

Acesso Restrito