SÍMBOLOS DA FÉ CRISTÃ - O CREDO

Caminhando com o Catecismo

2. Símbolos da Fé Cristã – O Credo

Entre todos os símbolos da fé, dois ocupam um lugar particularíssimo na vida da Igreja: O Símbolo dos Apóstolos e Símbolo denominado niceno-constantinopolitano.

O Símbolo dos Apóstolos, assim chamado por ser, com razão, considerado o resumo fiel da fé dos apóstolos. É o antigo símbolo batismal da Igreja de Roma. Sua grande autoridade vem do seguinte fato: "Ele é o símbolo guardado pela Igreja de Romana, aquela onde Pedro, o primeiro apóstolo, teve sua Sé e para onde ele trouxe a comum expressão de fé (sententia commmunis=opinião comum)".

O Símbolo denominado niceno-constantinopolitano tem a sua grande autoridade no fato de ter resultado dos dois primeiros Concílios ecumênicos (325 e 381). Ainda hoje ele é comum a todas as grandes Igrejas do Oriente e do Ocidente.

Nossa exposição da fé seguirá o Símbolo dos Apóstolos, que constitui, por assim dizer, "o mais antigo catecismo romano". Contudo, a exposição será completada por constantes referências ao Símbolo niceno-constatinoplano, muitas vezes mais explícito e mais detalhado.

Como no dia do nosso batismo, quando toda a nossa vida foi confiada, "à regra de doutrina" (Rm 6,17), acolhamos o Símbolo de nossa fé que dá a vida.

Recitar com fé o Credo é também entrar em comunhão com Deus Pai, Filho e Espírito Santo.

É também entrar em comunhão com a Igreja inteira, que nos transmite a fé e no seio da qual cremos.

Este Símbolo é o selo espiritual, a meditação do nosso coração e o gardião sempre presente, ele, seguramente, o tesouro da nossa alma. (CIC 194-197). (obs: continuaremos dia-a-dia, sempre que possível).

Que Deus nos abençoe e guarde.

Severino Alves

e-mail: Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo.

Acesso Restrito