Sábado, Julho 23, 2016

Este é o site da Paróquia do Rosário de
Campina Grande, Paraíba, Brasil

Através deste site, a ativa comunidade da paróquia interage, obtém informação e usufrui de serviços web voltados para a religiosidade que cerca suas atividades. Explore nosso site, começando pela página de nosso brasão, criado na comemoração do jubileu de 70 anos de existência da paróquia.

Conheça Nosso Brasão

Agenda é um recurso útil para quem não conhece a rotina da paróquia e para quem quer saber sobre eventos correlatos.

Nosso site agora apresenta uma agenda integrada com o Google, de modo a mostrar informações sobre atividades rotineiras e sobre eventos especiais de forma mais amigável e mais clara, inclusive com mapas dos locais associados.

Confira a Agenda

"Uma imagem vale por mil palavras."

O site da Paróquia do Rosário inovou na apresentação de suas fotos, facilitando o acesso às imagens e aprimorando o uso deste recurso.

Mais detalhes

dest_youtube

“Se uma imagem vale por mil palavras, quanto valerá um vídeo com uma mensagem valorosa?”

O site da Paróquia do Rosário passa a indicar sites de vídeos publicados no YouTube, com destaque para vídeos relacionados com a Igreja Católica e temas afins. Acesse nossa página de vídeos e veja o acervo que disponibilizamos para você.

Vídeos Recomendados

"Em uma sociedade cada vez mais digitalizada, devemos
seguir pelos mesmos caminhos do nosso rebanho para prosseguir a evangelização."

A Paróquia do Rosário marca sua presença no Twitter, para manter estreita a comunicação com os seus seguidores virtuais. Visite nossa página do Twitter e nos acompanhe nesta caminhada.

Visite nosso Twitter

"O dízimo é um ato de fé. É a prova de que acreditamos que tudo que temos vem de Deus."

Visite nossa página dedicada ao Dízimo, que é muito mais do que uma simples contribuição material para a sua comunidade religiosa.

Saiba Mais

"Nós temos os líderes que merecemos, pois somos nós, através do voto, que elegemos estes líderes.

A Igreja Católica tem uma posição muito bem definida quanto a importância do ato cívico de votar. O eleitor deve ter em mente a importância do sufrágio para o futuro dele, de sua família e da sociedade onde está inserido.

Leia Mais

Vídeo em Destaque

You need Flash player 6+ and JavaScript enabled to view this video.

Playlist: 0 | 1 | 2 | 3

SANTA MISSA EM SEU LAR

SANTA MISSA EM SEU LAR

PLAY - AOS SÁBADOS ÀS 19h30MIN (TV ITARARÉ)

DOM GENIVAL - CNBB

Carta do Administrador Apostólico da Arquidiocese da Paraíba, Dom Genival Saraiva de França.

Ao Clero, aos Religiosos, Religiosas, Seminaristas, Animadores Pastorais - Leigos e Leigas, e à População da Arquidiocese da Paraíba:

Eu vim para servir (cf. Mc 10, 45).

Como ensina o Concílio Vaticano II, a Igreja é o povo de Deus e a “Diocese é uma porção do povo de Deus confiada a um Bispo para que a pastoreie em cooperação com o presbitério”. A Diocese torna-se vacante com a morte, renúncia ou transferência de seu Bispo. Hoje, 6 de julho, a Arquidiocese da Paraíba tornou-se vacante com o pedido de renúncia apresentado por Dom Aldo di Cillo Pagotto, que foi acolhido pelo Papa Francisco. A solicitude da Igreja provê a forma de administração da Diocese em sua vacância. Por isso, o Papa Francisco nomeou-me Administrador Apostólico, através de Decreto da Congregação para os Bispos, função que devo exercer “até que o Arcebispo, que deve ser eleito, tome posse canônica”. Não me apresento hoje aos arquidiocesanos da Paraíba porque me encontro no Ceará até a próxima sexta-feira, orientando o retiro espiritual de uma parte do clero da Arquidiocese de Fortaleza. Com esta comunicação, desejo afirmar a todos que chegarei, brevemente, com a disposição de servir. Em Jesus, encontramos o melhor exemplo de serviço. Além do espírito eclesial, que todos nós devemos cultivar, em mim a motivação para servir à Arquidiocese da Paraíba tem uma linguagem afetiva, pelo fato de ser paraibano e de ter residido na cidade de João Pessoa, durante oito anos, como aluno do Seminário Imaculada Conceição.

Como João Batista, que preparou o povo para acolher Jesus, o Cordeiro de Deus, que já estava no seu meio, chego para ajudar ao povo de Deus da Arquidiocese da Paraíba a preparar o seu coração para a chegada do seu novo Arcebispo Metropolitano. A fim de que possa exercer bem a função de Administrador Apostólico da Arquidiocese da Paraíba, torno minha a prece do salmista: “Dai-me bom senso, retidão, sabedoria” (Sl 118, 66). Tendo consciência de não ser fácil administrar uma instituição, especialmente num contexto de transição, peço, com humildade: “Senhor, dai-me serenidade para eu aceitar as coisas que eu não posso mudar. Dai-me coragem para eu mudar as coisas que eu posso mudar. Dai-me discernimento para eu conhecer a diferença”. Que, por esse discernimento, eu possa contribuir para a prática da comunhão e da unidade em nossa Arquidiocese, seguindo esse ensinamento de Santo Agostinho: “Nas coisas essenciais, a unidade; nas coisas não essenciais, a liberdade; em todas as coisas, a caridade”. Sei que posso contar com a oração e o apoio solidário do clero, das comunidades religiosas e das forças pastorais da Arquidiocese da Paraíba, para fiel cumprimento da missão que me foi confiada.

Ao expressar a Dom Aldo Pagotto o agradecimento da Arquidiocese da Paraíba pelo bem que fez, em seu pastoreio, posso testemunhar-lhe, por experiência, que a renúncia ao governo diocesano não é demérito para nenhum Bispo, por ter completado 75 anos, como no meu caso, ou em razão de enfermidade, como no seu caso. Os Bispos eméritos continuam servindo à Igreja, de muitas maneiras. Motivado para viver a comunhão fraterna e para colaborar na ação evangelizadora, uno-me aos Bispos da Província Eclesiástica da Paraíba, no seu dedicado trabalho pastoral, em suas respectivas Dioceses de Cajazeiras, Campina Grande, Guarabira e Patos.

Vamos viver este tempo de vacância da Arquidiocese da Paraíba com um coração misericordioso, no espírito do Jubileu da Misericórdia.

Assista-me a graça de Deus e me proteja “excelsa Virgem das Neves”, nesta missão de servir, como Jesus!

Guaramiranga (CE), 6 de julho de 2016

Dom Genival Saraiva de França
Administrador Apostólico da Arquidiocese da Paraíba

 

Assessoria de Imprensa e Comunicação da Arquidiocese da Paraíba

 
 

No dia 29 de junho, a Igreja festeja de São Pedro e São Paulo, apóstolos e mártires de Cristo; sua memória é honrada especialmente em Roma, onde seu sangue foi derramado como testemunho por Jesus Cristo e pelo Evangelho.

 PAPA - dia do PAPA 2016

PAPAS SANTOS

PAPA IMPRENSA

 

 

 

 

O túmulo de São Pedro é venerado na basílica de São Pedro, no Vaticano, e fica bem debaixo do altar principal, onde o Papa celebra. Nos tempos do império romano, existia um cemitério naquele local e, desde logo, os cristãos visitavam o túmulo que do Apóstolo, que recebeu de Jesus o encargo de pastorear suas ovelhas e seus cordeiros.

São Paulo foi martirizado fora da cidade de Roma e, segundo uma tradição confirmada por estudos recentes, foi sepultado no lugar onde o imperador Constantino fez edificar uma basílica dedicada ao Apóstolo; destruída por um incêndio, ela foi reerguida no mesmo lugar e, ainda hoje, leva o nome de “São Paulo fora dos Muros”. Na celebração do Jubileu do ano 2000 do nascimento de Jesus, o Papa S.João Paulo II promoveu investigações históricas e arqueológicas, que confirmaram a autenticidade do túmulo de São Paulo, que se encontra debaixo do altar principal da belíssima basílica.

O Papa é sucessor do apóstolo Pedro na sede episcopal de Roma e tem, como Pedro, a missão de congregar a Igreja inteira na unidade da fé e da caridade. Seu “primado”, na Igreja, significa que ele é revestido daquela mesma autoridade especial que Jesus confiou a Pedro em meio aos demais apóstolos. Isso foi reconhecido desde os tempos apostólicos, embora tenha sido contestado em diversas ocasiões ao longo da história, sobretudo quanto ao modo do exercício do primado.

Há quem estranhe que o Papa Francisco se atribua com frequência o título de “bispo de Roma”. De fato, porém, não há nada de estranho nisso; na verdade, torna-se Papa somente aquele que é legitimamente eleito como “bispo de Roma” e sucessor do apóstolo Pedro na sede de Roma; esta é a condição necessária para ser reconhecido como Papa na Igreja Católica. O uso do título “bispo de Roma” não modifica nem diminui em nada a autoridade e a missão do Papa sobre toda a Igreja.

Leia mais...

Hoje todos deveríamos meditar sobre qual é a

"VOCAÇÃO - MISSÃO"

 para que Deus nos chama.

SÃO JOÃO - IMAGEM do santo  2016

 

 

Completou-se o tempo da gravidez de Isabel, e ela deu à luz um filho. Os vizinhos e parentes ouviram dizer como o Senhor tinha sido misericordioso para com Isabel, e alegraram-se com ela. No oitavo dia, foram circuncidar o menino, e queriam dar-lhe o nome de seu pai, Zacarias. A mãe, porém disse: Não! Ele vai chamar-se João”. (cf. Lc 1, 57-66.80)


Como a Virgem Maria, São João Batista é o único santo de quem a liturgia celebra o nascimento terreno.


João, nascido de uma grande misericórdia em uma mulher estéril, é circuncidado para destacar sua conexão com o povo escolhido, será o último profeta do Antigo Testamento, é como a fronteira entre o Antigo e o Novo Testamento.


O nome que recebe tem uma grande importância pelo fato de que é Deus mesmo que o atribui: foi assim no caso de Jesus e no de João Batista. Dar um nome é, portanto, dar uma vocação, uma missão e os dons para desempenhá-la. O nome “João” significa "Deus tem misericórdia". Sua missão será anunciar um batismo de conversão.
“O que virá a ser este menino?” É a pergunta que todos se fazem, seus pais, em especial a mãe, em seguida passam a imaginar a vida futura de seu filho. Há algo que o evangelista Lucas deixa bem claro: "a mão do Senhor estava com ele".
João retirou-se muito jovem para o deserto para preparar-se para a sua missão. Sua forma de viver e de vestir faz pensar que ali encontrou refúgio durante muitos anos. Foi muito relevante a missão de João, ele prega um batismo de conversão através da mudança radical de mentalidade para acolher Jesus de Nazaré, como inicio e cumprimento das promessas.
Recusa-se a ser considerado como o Messias e o seu testemunho indica que o Messias é maior do que ele. João não quer que os olhos sejam apontados para ele, mas para um outro Aquele ao qual “não será digno de desatar as correias das sandálias”. É para Jesus que é preciso olhar. Chegou a ser conhecido e popular. O próprio Herodes o temia. Seus discípulos foram muito numerosos e deles irão sair alguns dos que acompanharão Jesus em seu ministério.
Muitas pessoas recebem a missão de "ser caminho", de preparar outros para que se realizem como pessoas. Pode parecer-nos que seu trabalho é insignificante, mas as pessoas mais importantes de nossas vidas são aquelas que, silenciosamente, sem protagonismos, nos tem ajudado em nosso crescimento como pessoas: nossos pais, nossos professores, nossos catequistas...

Que missão tão bela a de ajudar os outros a descobrir a imensidão da bondade de Deus!

Leia mais...

 

IMG 4048

Nestes dias de junho estamos vivendo as alegrias das festas juninas. Já celebramos, dia 13, Santo Antônio, presbítero e doutor da Igreja, popularmente chamado de “o santo casamenteiro”, mas um grande testemunho de fé e de caridade para com os mais pobres, seguindo o grande exemplo de São Francisco. Vamos celebrar no dia 24 e no dia 29, os dois grandes santos, São João Batista e São Pedro, e não podemos esquecer de São Paulo, celebrado no mesmo dia de São Pedro. Esses santos, em particular, lembram a todos nós, que a meta é sempre a vida e vida em abundância, com nos recorda Jesus. Por isso, a devoção que temos aos santos e, de modo especial a devoção a Toda Santa (a Panaghia), a Virgem Maria, é sempre salutar e benéfica quando reconhecemos que ser santos é o nosso destino.

As festas juninas, que tem um forte apelo cultural, manifestação de uma alegria que ferve os ânimos. São também um momento de evangelização, isto é, podemos vê-las como alegria honesta, justa e revigorante. É certo que elas são parte da religiosidade popular,  mas a nossa Igreja não despreza isso, pelo contrario, o Documento de Aparecida e agora, o Papa Francisco com a Exortação Apostólica Evangelii gaudium, nos chamam a sempre valorizar a religiosidade popular. Isso requer conhecimento e respeito, para que possamos ver que Deus age nos corações das pessoas, isto é,  Deus age no interior de cada ser humano.

Quando falamos dos santos devemos sempre destacar que eles não foram pessoas tristes, pessimistas ou que transmitiam pavor e terror. Os santos são assim chamados porque viveram da alegria da relação com Deus, da alegria do amor, da alegria da doação, da forca renovadora e estimulante da misericórdia  em suas vidas.

Leia mais...

 

A IGREJA encerra o MÊS DE MAIO. Mês dedicado a MARIA SANTÍSSIMA nossa Mãe e Rainha.

Sobre Maria, realçamos.

“Ela, que na altura da Anunciação se definiu  “serva do Senhor”, permaneceu fiel ao que este nome exprime durante toda a vida terrena, confirmando desse modo ser uma verdadeira “discípula” de Cristo, que teve ocasião de acentuar fortemente o caráter de serviço da sua missão: o Filho do homem “não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida como resgate de muitos” (Mt 20,28). Por isso, Maria tornou-se a primeira entre aqueles que, “servindo a Cristo também nos outros,  conduzem os seus irmãos, com humildade e paciência, àquele Rei, servir ao qual é reinar”; e alcançou plenamente aquele “estado de liberdade real” que é próprio dos discípulos de Cristo: servir quer dizer reinar!

“Cristo tendo-se  feito obediente até à morte, foi por isso mesmo exaltado pelo Pai  (cf Flp 2,8-9) e entrou na glória do seu Reino; a ele estão submetidas todas as coisas, até que ele se sujeite a si  mesmo e consigo todas as criaturas ao Pai, a fim de que Deus seja tudo em todos (cf. 1. Cor 15, 27 – 28)”

Maria, serva do Senhor, tem parte neste Reino do Filho.”

ROSÁRIO - EVENTOS 2016 - MAIO ENCERRAMENTO  COROAÇÃO 2 -

 

 ROSÁRIO - EVENTOS 2016 - MAIO ENCERRAMENTO  COROAÇÃO -

 

Na PARÓQUIA DO ROSÁRIO em Campina Grande – PB, a Comunidade  realizou mais uma vez o seu tradicional NOVENÁRIO DE MAIO a MARIA, cujas iniciativas, organização e condução ficaram a cargo da Equipe das LEGIONÁRIAS de MARIA, sob a liderança da sua abnegada presidente, a Senhora Solange Donato, assessorada por sua vice a Sra. Nilvanda Queiroz.      

Neste ANO DA MISERICÓRDIA,   com o tema “MARIA MEDIANEIRA DE TODAS AS  GRAÇAS E MISERICÓRDIA” rezaram-se todas as noites, com  reflexão e  catequese direcionadas e associadas ao lema escolhido para cada momento, de acordo com o perfil do(a) noitário(a) e  a natureza do dia. Oração, Canto e fervor traduziram e reforçaram a devoção mariana. Assim  muita riqueza espiritual foi semeada entre todos sob a condução, orientação e valioso apoio dos padres celebrantes que contribuíram e somaram positivamente para o êxito do evento: Pe. Márcio Henrique, Pároco, Pe. Isaías Rodrigues, Vigário Paroquial e  Monsenhor Antonio Apolinário, cujas ações  e  gestos colocaram-se no Coração da Virgem Maria.      

Durante o mês inteiro, as Comunidades,  juntamente equipes pastorais, movimentos e serviços vinculados à Paróquia não só partilharam o “ROSÁRIO  MEDITADO”, mas também consagraram-se e dedicaram as  LADAINHAS à Mãe de Jesus.

Para a culminância, no domingo à noite, reservou-se o belo OFERTÓRIO de AMOR que se revela na GRATUIDADE e na HUMILDADE :  

as mais de 1500 rosas de “ave maria” rezadas diariamente.  

 

os ENXOVAIS confeccionados com muito AMOR, para MÃES POBRES... Trabalho dedicado das mãos das abnegadas senhoras que juntam retalhos e pedacinhos de tecidos doados e os transformam em peças e vestuário para recém nascidos.

 

A MARIA e por MARIA, nossas VIDAS e TESTEMUNHOS.  

 

  • Por fim, aconteceu o momento da COROAÇÃO, quando muitas lindas crianças -  anjos divinos – coroaram alegremente a Rainha da Festa.

Com a missão cumprida, marcou-se mais uma experiência gratificante...

Em síntese, fica a essência do coração, a espiritualidade... 

    Sobram alegrias e gratidão, para coroar e  louvar a MARIA, a grande razão de tanta dedicação e esforço das abnegadas senhoras legionárias.   

IMG 8251 ROSÁRIO - EVENTOS 2016 - MAIO ENCERRAMENTO  COROAÇÃO 9 - ROSÁRIO - EVENTOS 2016 - MAIO ENCERRAMENTO  COROAÇÃO 8 -

 

ROSÁRIO - EVENTOS 2016 - MAIO ENCERRAMENTO  missa -

papa

BISPO DIOCESANO

dom delson - 2014

Mensagem da Semana

PADRE MRCIO HENRIQUE

ESPAÇO DE EVANGELIZAÇÃO

biblia

COMUNIDADE RAINHA DA PAZ

CAPELA RAINHA DA PAZ  foto

Meu Dia de Oração

oracao

Clima Tempo

 

CATEQUESE COM O PAPA

BRASO DO PAPA FRANCISCO

Visitantes On-Line

Nós temos 32 visitantes online

Contador de Visitas

00819970
 

Webmail

Rosário no Twitter

 

Acesso Restrito